Vitamina D para bebês. O uso de vitamina D

Para a formação óssea normal, é estritamente necessário. Vitamina D. Como as árvores, percebemos o efeito dos raios ultravioleta na nossa pele, sob a influência da qual se forma a vitamina D. Mas não temos Sahara aqui, e às vezes há tensão com o sol, especialmente no inverno. Os adultos de alguma forma sofrem esse problema, mas para os bebês neste período, você certamente deve ter uma fonte alternativa de vitamina D.

Uma conseqüência da falta de vitamina D é uma violação do metabolismo fósforo-cálcio, causando uma doença tão desagradável como o raquitismo.

Benefícios da vitamina Dpara bebês



Os raquitismo de deficiência D clássica aparecem na idade de dois a três meses e, em primeiro lugar, manifestaram-se enfraquecidos, bebês prematuros, que estão em alimentação artificial. A deficiência de vitamina D no intestino não permite adiar a quantidade necessária de cálcio nos ossos, pelo que tornam-se mais finos e suavizam, o sistema nervoso e outros órgãos internos causam mau funcionamento funcional.

Os primeiros sintomas de raquitismo deixados sem atenção darão uma imagem detalhada da doença ao meio-ano.

Sinais de falta de vitamina D



Os primeiros sinais consistem no medo aparente, letargia ou caprichos não razoáveis ​​da criança. Ele tem transpiração excessiva, coceira, perda de cabelo, um exame de sangue que mostra um conteúdo reduzido de fósforo.

Se durante este período realizar uma análise bioquímica do sangue, você pode identificar uma quantidade reduzida de fósforo, um aumento na atividade da fosfatase.

Nas primeiras suspeitas de falta de vitamina D para bebês, você precisa ir urgentemente ao médico, porque pode se desenvolver de forma acentuada.

Como obter vitamina D



A prevenção do raquitismo é a ingestão de vitamina D, uma dose preventiva de até 500 UI, é segura e atende às necessidades de um cliente em rápido crescimento.

A vitamina D para bebês desempenha um papel muito importante. Existe uma droga Aquadetrim, que é uma solução aquosa de vitamina D3 e reabastecimento de deficiência de vitamina D. Esta é a forma mais popular de vitamina D entre os pediatras. Vamos solicitar o tratamento e a prevenção do raquitismo. Existem também soluções de óleo de vitamina D, mas a água é absorvida melhor, o mesmo são menos tóxicos e permitem uma dose maior.

O reabastecimento da falta de vitamina D3 é realizado apenas uma gota de Aquadetrim.

A propósito, as preparações de vitamina D3 são preferíveis às preparações de vitamina D2 uma vez que a vitamina D3 é uma provitamina D, que estimula a produção no corpo do bebê de sua própria vitamina D.

As doses profiláticas de vitamina D permitem uma ingestão longa e contínua durante todo o período outono-inverno, este é o benefício da vitamina D para lactentes. Se o médico prescreveu uma dose aumentada, as pausas semanais são desejáveis ​​após cada três semanas de uso.

Dosagem de vitamina D para lactentes



O cálculo da dose é feito pelo médico local, alimentando a criança com uma mistura, não exclui a ingestão de vitamina D.

No tratamento do raquitismo, a vitamina D é utilizada exclusivamente individualmente e em combinação com outros medicamentos, a participação de um médico no processo é obrigatória.

Quando uma sobredosagem de vitamina D, o teor de cálcio do sangue aumenta, o que acaba com o envenenamento do corpo. Existem problemas no sistema cardiovascular, fígado, rins e trato digestivo. Deve-se notar que alguns bebês têm maior sensibilidade à vitamina D, razão pela qual a atenção cuidadosa do médico é tão necessária.