Estreitamento dos vasos cerebrais: sintomas e tratamento

O estreitamento dos vasos cerebrais é a causa de muitas doenças do corpo humano. E os próprios vasos se estreitam devido a arteriosclerose, quando as placas aparecem nas paredes internas das artérias, que, expandindo, estreitam a luz do vaso. A conseqüência desse processo é a diminuição do fluxo sanguíneo, que leva ao desenvolvimento da doença, uma deficiência no fornecimento de sangue ao cérebro e bloqueio completo dos vasos do cérebro.

Além disso, na zona de estreitamento do vaso, observa-se uma diminuição notável de sua elasticidade, pelo que as fissuras aparecem na parede interna. Apenas no lugar desta rachadura começa a formar um coágulo de sangue, ou um coágulo de sangue, que em determinadas circunstâncias é capaz de bloquear completamente a artéria. Depois disso, a necrose do tecido começa na direção desse vaso. Esta zona de necrose é necrose ou ataque cardíaco.

Sinais de estreitamento dos vasos cerebrais



As pessoas muitas vezes não prestam atenção até sinais óbvios de estreitamento dos vasos cerebrais, explicando-os por fadiga ou excesso de trabalho. Portanto, os primeiros sinais, que, no entanto, chamam a atenção para si mesmos, já testemunham o início rápido de um acidente vascular cerebral isquêmico. Violações do fluxo sanguíneo nos vasos do cérebro levam a deficiência de oxigênio nos tecidos, que é sentida como uma doença leve, tonturas, ponderando o trabalho mais usual e realizando trabalho mental.

Portanto, Sintomas iniciais de constrição dos vasos cerebrais :

  • comprometimento da capacidade de trabalho,

  • mais manifestado precisamente no trabalho mental,

  • Esquecimento,

  • distúrbio do sono,

  • Irritabilidade notável e notável,

  • ruído na cabeça,

  • tonturas e dor de cabeça, e com o curso da doença, esses fenômenos se tornam mais pronunciados.


  • Para tonturas, estados de desmaios são adicionados e já neste período, transtornos de sensibilidade, AVC e distúrbios de fala são muito prováveis. As habilidades mentais continuam a desaparecer. A doença prossegue lentamente, porém com progressos constantes.

    Tratamento da vasoconstrição no cérebro



    O tratamento da constrição dos vasos cerebrais é uma admissão de medicação longa, muitas vezes ao longo da vida, que geralmente são selecionados individualmente para cada paciente, considerando uma variedade de fatores, incluindo os resultados do exame, a idade, a condição do paciente.

    Na maioria das vezes, os fundos prescritos para vasos cerebrais, este Lovostatin - mefakor, mevakos, bem como fibratos, como atromidina, clofibrato, atrometo, simvastatina, zocor.

    Cerebrolysin, lecitina, resinas de troca de aniões, e também terapia de iodo também são populares. Com esta doença, você não pode fazer sem consumo adicional de vitaminas A, E, C e complexos de vitaminas comuns, vários oligoelementos, selênio. Para vasodilatação, prescrição de papaverina e eufilina.

    Causas da doença



    O número de pacientes em que é encontrado. estreitamento dos vasos cerebrais, está crescendo constantemente devido a:

  • uma estadia rara ao ar livre,

  • Sobrecargas mentais visíveis associadas ao trabalho intelectual,

  • tensões,

  • fadiga crônica.


  • Em seguida, sintomas como dor de cabeça, peso permanente e uma incessante sensação de desconforto começam a aparecer. Para este desconforto de não trazer sensações dolorosas, é necessário expandir de alguma forma os vasos do cérebro.

    Prevenção do estreitamento dos vasos cerebrais



    Isto é promovido pela ginástica destinada a expandir e fortalecer os navios. Os exercícios, nos quais a cabeça está inclinada para baixo, podem aumentar a pressão arterial no cérebro. Estes exercícios incluem uma posição na cabeça, ombros, cotovelos e, além de levantar as pernas para cima da posição propensa. Eficaz e inclinado para frente e para trás, nos lados, gira o porta-malas.

    Nesta doença, também é necessário dominar a respiração correta, uma vez que a violação da respiração reduz ainda mais o fluxo de oxigênio para o cérebro. Os efeitos favoráveis ​​nos vasos do cérebro são fornecidos por aulas de dança e yoga.

    A expansão dos vasos cerebrais é facilitada por uma dieta com baixas calorias, o abandono de gorduras animais, produtos de confeitaria e álcool. Você também deve reduzir a quantidade de sal consumido. A composição dos complexos vitamínicos utilizados, deve incluir vitaminas B6 PP e elementos que expandem os vasos do cérebro. É necessário observar seu peso, não permitindo sinais de obesidade.