O eixo elétrico do coração é vertical. O que é

EOS, esta é uma abreviatura para o termo "O eixo elétrico do coração é ", Que é usado em diagnósticos funcionais e cardiologia. Ele reflete os processos elétricos que ocorrem no coração.

A direção do eixo elétrico do coração é a soma das mudanças bioelétricas que ocorrem com cada contração do músculo cardíaco.

O coração é um órgão tridimensional, a partir do cálculo da direção do eixo elétrico do coração, o tórax deve ser representado como um sistema de coordenadas.

Nos eletrodos no processo de remoção do eletrocardiograma é transmitido um sinal bioelétrico, que é iniciado em cada parte do miocardio. Projetando os sinais dos eletrodos para o sistema de coordenadas convencional, calcule o ângulo do eixo elétrico, a localização é determinada pela localização e potência dos sinais elétricos.

O sistema condutor do miocardio consiste em fibras musculares atípicas bem inervadas, proporcionando contração síncrona do coração.

Quando um impulso elétrico aparece no nó sinusal, que é transmitido através do nó atrioventricular para o feixe de His e começa a contração do coração.

O sistema de condução do coração é uma poderosa fonte de impulsos elétricos, e nela as mudanças elétricas começam primeiro, o que precede a contração cardíaca. Se houver anormalidades neste sistema, o eixo elétrico do coração muda significativamente sua posição, que pode ser corrigida.

A norma da posição do eixo elétrico do coração é



Uma vez que o músculo cardíaco do ventrículo esquerdo é significativamente maior que o músculo direito, os processos elétricos que ocorrem no ventrículo esquerdo serão mais fortes e o eixo elétrico do coração será direcionado para ele.

Tendo projetado a posição do coração de uma pessoa saudável no sistema de coordenadas, achamos que o ventrículo esquerdo estará no intervalo de +30 a +70 graus, o que é considerado a posição normal do eixo. Neste caso, deve-se ter em mente que a direção do eixo é altamente dependente de características individuais, incluindo anatômicas, de cada pessoa e pessoas saudáveis ​​podem variar de 0 a +90 graus:

Em particular, a posição vertical do EOS, essa faixa (+ 70) - (+ 90) graus, é típica para astencias de pessoas finas e altas.

Para a hipertensão, pessoas curtas e com um peito amplo, a posição horizontal do eixo elétrico do coração está na faixa de 0 - (+ 30) graus.

Naturalmente, há mais pessoas com tipos intermediários de construção corporal, respectivamente, e a EOS obtém um valor intermediário.

Em pessoas saudáveis ​​podem ocorrer, verticais e semi-verticais, horizontais e semi-horizontais, bem como a posição normal de EOS.

Em uma pessoa perfeitamente saudável em custódia após um eletrocardiograma, eles podem escrever, por exemplo, que o ritmo é sinusoidal, o EOS é vertical, a freqüência cardíaca é de 78 e esta é uma variante da norma.

O deslocamento do coração ao redor do eixo longitudinal possibilita a localização da posição do órgão no espaço e, muitas vezes, é um fator adicional no diagnóstico de diversas patologias.

Qual é o desvio da norma?



A rotação do EOS em torno do eixo também não é perigosa, e muitas vezes pode ser encontrada em descrições de eletrocardiogramas de pessoas saudáveis.

No entanto, a posição do eixo elétrico do coração pode indicar algumas doenças cardíacas, embora este parâmetro não seja um diagnóstico. Ao mesmo tempo, em algumas patologias, há um deslocamento do eixo do coração, que é causado por eles. Para deslocamentos significativos, as posições de EOS podem levar a diferentes origens de cardiomiopatia, doença cardíaca isquêmica, anomalias congênitas do coração, insuficiência cardíaca crônica.

Em particular, se EOS é virado para a esquerda, isso pode ser um sinal de hipertrofia do ventrículo esquerdo, indicando, por sua vez, a sobrecarga. Esta condição é frequentemente provocada por hipertensão arterial prolongada, quando existe uma resistência notável dos vasos sanguíneos ao fluxo sanguíneo. A hipertrofia do ventrículo esquerdo também é causada por cardiomiopatias, insuficiência cardíaca.

Quando o EOS se desvia para a direita, é um sintoma de hipertrofia ventricular direita, que pode ser desencadeada por doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão pulmonar, asma brônquica que dura bastante tempo, insuficiência da valva tricúspide e estenose da artéria pulmonar.