Pus flui das orelhas: causas, tratamento

Para o tratamento de otite superior purulenta é melhor procurar ajuda de um otorrinolaringologista. Mesmo se você tiver métodos confiáveis ​​populares para tratar esta doença, é melhor consultar um médico, especialmente porque esses métodos são os mais efetivos como uma ferramenta adicional para métodos clássicos de tratamento.

Otite total purulenta



A otite pulmonar aguda começa com a infecção no ouvido médio.

Em seguida, o curso da doença é dividido condicionalmente em três fases:

  • No início, a inflamação do ouvido médio só começa, e do canal auditivo há saídas;

  • Na segunda fase ocorre a perfuração da membrana timpânica, e as saídas tornam-se purulentas;

  • Na terceira fase da diminuição da inflamação da otite purulenta, e a quantidade de pus diminui, a descarga cessa completamente e as bordas da abertura na membrana timpânica se juntam gradualmente.


  • A duração do processo depende do estado do corpo, de modo que a otite purulenta pode durar vários meses.

    Sintomas de otite superior purulenta



    O tratamento da otite na primeira fase não permite a transição da otite para a fase purulenta.

    Os sintomas da otite média purulenta são:

  • um aumento acentuado da temperatura;

  • dor de ouvido aguda, com recuo na mandíbula;

  • o paciente de repente tem uma perda auditiva.


  • O início da segunda fase caracteriza-se por uma melhora na condição do paciente, uma redução na dor, mas a descarga da orelha aumenta e a audição não retorna.

    Como tratar a doença da orelha?



    Você deve aderir estritamente ao descanso na cama. Para eliminar a infecção, prescreva antibióticos. Com o fluxo sem impedimento da orelha, o tratamento conservador é realizado.

    Acontece que o canal auditivo está bloqueado, então uma operação é realizada para limpá-lo. A orelha deve necessariamente ser limpa de pus, mas uma enfermeira profissional executará este procedimento incomparavelmente mais qualitativamente do que o melhor amigo, para não mencionar auto-depreciação antes do espelho. Além disso, tais exercícios podem causar danos acidentais à membrana timpânica e perda parcial de audição.

    Para tratar eficazmente a otite purulenta deve necessariamente garantir a saída de pus da cavidade da orelha média para evitar a propagação da infecção.

    A cavidade interna da orelha deve ser limpa com um cotonete de algodão, e esse procedimento deve continuar até o canal auditivo ser completamente limpo. Então, depois disso, o medicamento é injetado na cavidade. O mais utilizado é albucida, p-ou furatsilina ou álcool salicílico. Em alguns casos, protargol ou nitrato de prata é enterrado na orelha para fechar a ferida aberta no tímpano.

    Às vezes, um antibiótico pode ser substituído com sucesso por uma múmia. Você pode, por exemplo, misturar uma proporção de uma a dez múmias com óleo de rosa e enterrar a substância recebida com uma orelha doente duas vezes por dia. No entanto, enterrando seus ouvidos com qualquer droga, você deve garantir que não haja perfuração na membrana timpânica.

    Em outra receita, recomenda-se que dilua dois gramas de múmia em meio copo de água limpa, humedeça o flagelo de algodão na mistura resultante e insira-o no canal auditivo. Isso irá remover a dor.

    Se houver uma perfuração notável da membrana timpânica no caso de sucção, entre o ácido bórico ou um antibiótico no pó na cavidade.

    Em condições severas e com uma deterioração notável na audição, uma operação é realizada para corrigir a membrana timpânica.

    No tratamento da otite aguda, os curandeiros populares também participam ativamente:

  • Recomenda-se misturar igualmente mel com suco de romã e tratar a mistura de cura com o canal auditivo;

  • Você pode cavar uma orelha doente duas ou três vezes por dia com algumas gotas de suco de limão recém-espremido;

  • O flagelo Wadded é umedecido em 20% de tintura alcoólica de própolis e injetado na orelha doente, e é possível mudar o tampão uma vez por dia, constantemente segurando-o na orelha, durante três semanas.